25 março 2007



Quando despertas começas a eternidade, o amor físico, os instintos e o teu corpo; Depois vem o aprofundar do espírito, o amor a entrega, a dádiva a emoção da luz, o sentir da paz e caminhar para o amor/amor. Podes apaixonar-te por um pássaro que canta ou a flor que se abre, a semente a germinar ou a pedra da praia.

Quando entenderes isto amarás a terra/mãe, a consciência fixa e cósmica da árvore, amarás a consciência/movimento do animal e a tua própria a cantar o universo.

Armando Correia Março de 2007

8 comentários:

A Mónada disse...

Simples e divinamente lindo...

Abreijos GRANDES para ti.

Fica bem

Luzidium disse...

Quando tu despertas não sabes fazer mais senão amar...

Abraços intemporais...

Astrid Annabelle disse...

Um grande e amoroso beijo.
Ma Jivan Prabhuta

Magda Moita disse...

A Mónada!

Por e simplesmente AMAR o AMOR.

Fica bem Abreijos



Olá Luzidium

Obrigado pela tua visita.

É bom despertar.

Abraço luminoso



Minha Querida Astrid,

Não imaginas como é agradável a tua surpresa, de passares por aqui. Ontem a noite falei de ti a uma amiga, e quando chego aqui...

Um enorme beijo e abraço amoroso também para ti.
Saudades, e espero-te bem.

Magda

António Rosa disse...

Belo post o teu.

Hoje decidi utilizar o Astrologia para exercer um direito de cidadania.

Um beijo.

MEU DOCE AMOR disse...

Olá: então penso que deve ser normal mostrar a minha desaprovação quando alguém mata uma mosca ou outro insecto.

Abrindo a janela e com um pano elas desparecem todas.

Desculpa a intromissão,mas dado o post tinha que falar sobre isto...

Beijinho doce

Magda Moita disse...

António!

Acho muito bem!

Beijinho




Olá Meu doce amor!

Obrigado pela visita,

fica bem.

lurainbow disse...

Extremamente BELO e REAL :)
Beijinhos cheios de luz e cor ...